Iluminação – Nossa amiga a janela

16 11 2008

Hoje vou mostrar que é possível obter uma luz legal pra fotos usando a iluminação mais barata disponível: O Sol através da janela.
Por mais óbvio que isso seja, nem sempre lembramos de usar esse recurso na hora de fotografar.
O que precisamos é de uma janela, de preferência com uma luz difusa, seja por uma cortina fina ou pelo vidro fosco. O importante é que a luz seja a mais suave possível.

Como exemplo vou usar duas situações de luz com o sol da manhã aqui em casa.
A janela da sala e a do banheiro. Nos dois casos o vidro é daqueles “jateados” que ajudam a luz a espalhar suavemente.

No primeiro exemplo eu peguei um punhado de moedas antigas e coloquei em uma tampa de madeira de uma caixa junto a janela da sala.

Entao coloquei a minha lente 50mm f1.8 na minha câmera e também o meu filtro Close-Up e fui fotografar as danadinhas.

Não se preocupem com esse flash na câmera, apenas uso ele pra ajudar a segurar na hora de fazer a Macro e não tremer a câmera.
Aqui então está o resultado da foto.


ISO 800
Distância Focal 50mm
Velocidade 1/50
Abertura f/11

No outro exemplo eu aproveitei a luz que entrava no banheiro pra fazer um “Still Tabajara”.
A luz no ambiente estava assim:

E aqui o nosso cenário pra fotografia:

Depois de posicionar os elementos na bancada, foi só me ajoelhar pra enquadrar e fazer a foto.
Escolhi uma abertura maior pra poder desfocar bem o fundo e não interferir na composição.
A posição do fotógrafo!!

E o resultado do Still:


ISO 1600
Distância focal 50mm
Velocidade 1/60
Abertura f/2.5

Nos dois casos pode-se observar o uso de ISO alto. O que acontece é que as janelas usadas nos dois exemplos eram dessas pequenas e quadradas e a entrada de luz era razoavelmente restrita.
O fato de fazer a foto na mão também complica um pouco. Com o uso de um tripé era só diminuir a velocidade e abaixar o ISO.

Depois eu vou mostrar que o uso de ISO alto nesse modelo de câmera, a Rebel XTi, não é um bicho de sete-cabeças. Com uma fotometria correta e o uso de programas específicos é possível minimizar o nível de ruído drasticamente sem afetar a qualidade final da foto.

O exemplo de hoje foi apenas pra demonstrar a possibilidade de uso da luz natural.
A execução foi a mais simplória possível mas pode ser “turbinada” pra melhor resultado.
Podemos usar rebatedores improvisados para melhorar a iluminação e tendo disponível uma janela bem “estilosa”, incluí-la na composição se for o caso.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

2 12 2008
marcelo

daqui a pouco teremos Kidneri Vermeer…rsrsrsr
show o blog!

22 12 2009
Wanderson César

Nossa ! Espetacular, primeira vez que vim ao site e ja fiquei virei seu FAN .. rsrsrs KidNeri parabéns, ótimo trabalho.
Estou dispertando essa grande vontade de iniciar na fotografia, e esse site acabou me impulsionando de vez .. rsrsrs !
Gostaria de ter a oportunidade de conhecer o seu trabalho mais de perto, e quem sabe me dar algumas dicas de um bom equipamento para iniciante …
Amei o seu trabalho, parabéns … Vc nasceu para isso …
Um forte abraço !

Feliz Natal e um Próspero Ano novo !

Wanderson Montezuma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: