A Macrofotografia e suas fases !

18 01 2010

Estava olhando minha galeria de fotos Macro e reparei uma coisa interessante: sem perceber eu passei por várias fases distintas ao longo desses anos de fotos.
Claro que não fotografo só os bichinhos mas com certeza é de longe o tipo de foto que mais gosto de fazer.
Quando comecei a fotografar, o que mais me intrigava na fotografia das pessoas, era porque uma foto era tão melhor do que outra. Mesmo um tema como moda ou esporte, sempre apresentava qualidades diferentes de um fotógrafo para outro.

Claro que o que eu ainda não sabia era que por trás de uma simples foto, existem uma série de fatores que a tornam mais atraente ou não. Isso logo me remeteu a gastar um bom tempo lendo e aprendendo sobre técnicas de composição, luz, lentes e etc quase todos retirados do excelente curso da National Geographic que pode ser encontrado em bancas ou livrarias.
Foi mais ou menos nessa mesma época que me interessei em saber mais sobre essa tal Macrofotografia… é de comer ou de passar no cabelo?
E lá fui eu revirar a internet pra me informar melhor. De cara me deparei com um grande senão: o preço das lentes e de tudo aquilo que envolvia essa prática era caro demais! Fiquei bastante chateado.
Mas comecei a reparar em uma galera que conseguia resultados muito bons e todos feitos com câmeras nem um pouco profissionais. Em uma publicação da revista Fotografe Melhor, ví uma matéria sobre Sérgio Moscato que conseguia fazer excelentes fotos macro usando uma câmera compacta adaptada com uma lente invertida. Foi o que me faltava pra tentar algo parecido.

Primeiro o que fiz foi comprar um jogo de lentes Close-Up pra ver o que conseguiria fazer. A câmera que eu tinha na época era uma Sony DSC-H5 que na verdade era da minha esposa e que me era emprestada quando queria fotografar.
Armado com o filtro Close-Up lá fui eu testar a bagaça! Comecei a clicar tudo o que achava pela frente.

“Mininu bizunhento” !!! Achei o máximo ver as coisas ampliadas, os detalhes que se destacavam.
“Calma lá Kid, cadê o foco, a luz, a composição?” Que Zé-Foco nada minha gente… olha lá o treco ampliado que legal!!!
E lá fui eu empolgado fotografando tudo. Aos poucos fui achando uma maneira de melhorar as fotos e percebi as limitações dos filtros e da iluminação que eu dispunha. Então comecei a procurar os bichinhos ao ar livre.

Eba…até que tava começando a ficar legal… maaaassssss…
Falar que isso era MACROFOTOGRAFIA não tava muito certo pra mim não. Eu queria era ampliar o bicho de verdade. Queria ver o “dente molar” do mosquito.
Lembrei então do lance da lente invertida e procurei um amigo meu que era cinegrafista pra ver se me ajudava a achar uma lente velha.
Só que ele não tinha uma lente… ele tinha uma caixa inteirinha delas!!! Quase tive um treco. Era bom demais pra ser verdade.
Procurei uma a uma mas só achei duas que estavam minimamente utilizáveis.
Após alguns testes fiquei com uma lente 50mm manual e adaptei a danada na H-5

Foi tempo de novos testes.
Mas dessa vez… ALELUIA !!! Eu conseguia ver a bicharada bem de perto! Percebia pela primeira vez as texturas dos olhos dos bichinhos e mesmo ainda precisando acertar a iluminação, eu estava super contente com essa nova fase.

Na trilha das minhas incursões “gambiarrísticas”, aprimorei meu difusor e enfim conseguia fotos com qualidade bem melhor do que as que eu fazia no início.
Foi nessa mesma época que tive a grata surpresa de ver uma das minhas Macros ser publicada na revista Fotografe Melhor… foi indescritível a sensação de felicidade que eu tive.


A data de 2009 dessa foto na verdade foi por eu tê-la postado junto com outra publicação da revista de uma foto minha em 2009.

Masssssssssss (de novo) eis que surge uma oportunidade que eu não podia deixar escapar: comprar minha própria câmera.
Depois de uns 2 meses de planejamento e pesquisa eu finalmente resolvi encomendar minha XTi. Quando chegou a danada eu fiquei até meio passado.
Foi a realização de um desejo bem antigo mas que por tantas outras prioridades, adiei ao longo dos anos. Comprei a danada com a lente do Kit e de uma certa forma tive de “reaprender” algumas coisas pra fotografar com ela. A primeira foto Macro que fiz com ela foi a de um besouro vermelho (ou percevejo, sei lá), sem nenhum filtro ou lente macro. Apenas fiz um crop na foto para aproximar o tema e quando revisei no PC quase caí de costas… era incomparável a qualidade relativa a da Sony H-5

Então tava tudo certo e era só fotografar e parar de ficar inventado e pronto, certo? ERRADO!
Agora eu tinha uma outra qualidade e muitas funções que não dispunha na H-5. Tinha aberturas menores pra experimentar, tinha um flash bem mais rápido e uma resolução excelente com baixíssimo ruído. Voltei a testar TUDO de novo!!
Em pouco tempo eu adquiri alguns anéis pra inverter lente, acoplar uma na outra e adaptar filtros diversos e etc… em seguida comprei minha lente 50mm f1.8 e depois uma teleobjetiva de segunda mão da Sigma, uma 55-200mm. E finalizei tudo com a compra de um flash usado Sigma DG ST 500 que recentemente pifou. Com todas essas possibilidades eu posso dizer que testei tudo o que se possa imaginar. Lente com lente, lente invertida na câmera, closeup em lente invertida e por aí vai.
Revisitei as megas ampliações que eu sempre gostei e fiquei um tempo querendo ver o “átomo” das coisas.

Hoje me encontro numa fase reestruturada da minha Macrofotografia. Gosto de compor nas fotos, trabalhar a luz, escolher ângulos inusitados e sobretudo contextualizar os insetos na fotografia. Ainda tenho verdadeira admiração por quem consegue fotografar o piolho na cabeça da mosca mas no momento estou fascinado por mostrar os bichinhos no seu habitat e melhor ainda se puder mostrar a interação deles com esse meio. Confesso que não me esforço como deveria mas a fotografia é só um Hobby e meu trabalho consome um tempo grande do meu dia a dia. Quero ainda achar espaço para ir para uma beira de rio, um bosque, um local alagado e aumentar a diversidade e oportunidade de boas fotos. Quero sobretudo ter tempo para ajudar a galera que se interessa por esse assunto pois sei muito bem o que é ter dúvidas e quando achamos quem nos oriente, isso é uma benção!

Com meu último Setup eu consegui outra publicação na Fotografe e isso só me deu mais motivação para aprender e ensinar mais. A situação financeira há de melhorar e quem sabe eu possa dar um “UP” na minha tralha fotográfica esse ano.

Não deixem de prestigiar meu Flickr e principalmente a continuar perguntando e tirando dúvidas. Aquilo que eu sei eu ensino e o que eu não sei eu aprendo junto!

Anúncios

Ações

Information

7 responses

19 01 2010
Guilherme

Ola Kidneri,

A pouco tempo conheci seu blog e sou fã das suas fotos! A principio, tambem tomei um susto quando me interessei pela macrofotografia e começei a ver os preços das lentes, flashs, etc.. quase desanimei. Mas, com as suas dicas to la eu sempre inventado algo e tirando foto dos bichinhos. Continue postando para a gente!

valeu!

Guilherme

15 02 2010
CLOVIS SENA

já li toda a primeira parte de seu artigo sobre macro a baixo custo e amei. sou um aficcionado por fotografia , todo que sei aprendi sozinho com revistas , livros e uma zenit 122 nas mãos, substituida por uma vivitar .
como vc os custos do macro assutavam e me mantive afastado. quero retornar a fotografar neste ano de 2010 quero fazer como vc.
acho que vc tem muita sorte . fotos como estas exigem sorte tambem. parabens. suas dicas são show de bola .
quero curtir este maravilhoso mundo macro nas minhas raras horas vagas . obrigado pelo artigo . continue esrevendo. vou necessitar de vc.

27 02 2010
André M.S.

Cara, você é doido! hehe. E isso é muito bom. rs
Havia já algum tempo que eu não visitava seu flickr e blog.
Também gosto muito de fotografia, mas também nunca pude comprar uma Câmera decente. Mas, finalmente, acredito que no próximo mês poderei adiquirir algo melhor(Lumix FZ35). Quem sabe no futuro alguma DSLR.

Agradeço por publicar todas essas ótimas dicas.
Té mais!

22 06 2010
monica

muito obrigado pela sua materia foi de boa utilidade , pos faço facul de fotografia em vitoria do ES na UVV e vou apresenta um trab sobre macro fotografia e lendo seu texto ajudou muito a fase meu trabralho continua assim sempre ajudando que precisa como vc dise nesse ramo e dificil encontra algumem disposto a te ajuda ,a amei suas fotos detalhe minha historia em fotografa macro e parecida com a sua bjos

26 06 2010
Denys Willian

Cara… quase me vi no seu lugar!
Do inicio, com a Fotografe Melhor de 2007 com as fotos do Sergio Moscato até a compra de uma SLR… Eu me apaixonei por macro com essa mesma revista… passei 2 anos brincando com uma compacta e agora migrei pra uma SLR… estava meio desanimado com os preços também… acabei de brincar de inverter a lente, na mão mesmo… quase um microscópio! Adorei a idéia!
Espero chegar até onde vc chegou… nos vemos por ai

Ah… meus parabéns pelo blog! Excelente!
Forte abraço!

25 11 2010
Rodrigo

Parabéns por suas fotos, gostei muito e aprendo mais a cada dia
Meu fick é http://www.flickr.com/photos/rodrigomarques28
Consegui bons resultados com uma Canon XS parecida com a sua
Abraço e boa fotos
Rodrigo Marques

21 02 2011
AIDYL SANTOS PERUCHI

Eu ganhei do mei flho uma Sony DSC -H5 – gostaria de saber como adquirir esta lente Close Up e se não precisa de adaptador para utilizar na minha máquina, gostaria de saber também como adquirir uma lente que amplie o zoom da minha máquina (preciso comprar usadas)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: