Achando o Foco com Lentes Manuais Invertidas

13 07 2010

Me foi sugerido que eu falasse um pouco em como obter o foco em macro usando uma lente manual invertida.
O problema que aparece é que para se conseguir uma profundidade de campo maior, temos de fechar o diafragma o máximo possível e quando usamos uma lente manual o que vemos no visor da câmera é uma imagem muito escura e difícil de se definir.
O que eu faço então é seguir algumas regrinhas para minimizar a dificuldade: fotografar em locais bem iluminados, preferencialmente em dia ensolarado e com o sol iluminando o tema. Usar sempre o flash para compensar a abertura muito fechada e observar os pontos de contraste da imagem para obter o foco.

Eis uma simulação dessa situação de imagem escura no visor da XTi.
No primeiro exemplo eu tento fotografar os contatos de uma lente. Para facilitar o foco eu me posicionei de maneira a usar o reflexo da luz incidente sobre os contatos.

Reparem que mesmo desfocada, a imagem já mostra quais os pontos servirão pra obter o foco. Então vamos aproximando do tema até sentir que a imagem está definida o suficiente pra dispararmos a câmera com o flash ligado.


Na área em destaque é onde eu fiquei observando para ver em que momento os detalhes do metal começavam a aparecer, então é só disparar com muita firmeza a câmera. É bom lembrar de nesse processo manter a respiração presa pra aumentar a firmeza na hora do clique.

Nesse outro exemplo o tema é uma moeda antiga. No visor a imagem é mais escura do que a anterior e com menos pontos definidos para se usar como referência.

Então basta aproximar aos poucos da moeda e prestar atenção nas áreas de maior contraste como as estrelas e o perfil da efígie. É baseado nesses pontos que faremos o foco.


E mais uma vez conseguimos o foco desejado.

Infelizmente são ações que carecem de prática para ficarem menos complicadas. Só a repetição é que facilita o processo. Além disso é sempre aconselhável aproveitar o máximo a oportunidade para tirar várias fotos de uma só vez. Quanto mais fotos tivermos mais as chances de acertar o foco na “mosca”… hehehe.

Anúncios

Ações

Information

One response

13 07 2010
Luiz Daniel

Valeu Kid pela resposta rápida.
Em superficies metálicas o brilho realmente facilita o processo de focagem.
Quando estou fotografando insetos o que eu tento usar como referencia em primeiro lugar é a textura dos olhos, mas quando a escuridão me atrapalha eu uso as antenas.

Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: