Fotocélula

3 10 2010

Olá pessoas! Como estão de votos hoje? Eu mesmo já cumpri meu dever cívico e volto a postar falando sobre fotocélula.
Mas o que é isso? É de passar no cabelo ou de comer?
A fotocélula nada mais é do que um dispositivo que capta a luz disparada por um flash e aciona outro ao qual ela está conectada.
Serve para podermos usar um flash externo ao da câmera de maneira remota, sem o uso de fios ou conexões especiais.
Eis a danadinha:

Mas como é possível dispararmos um flash, fazer com que essa luz acione outro dispositivo que vai disparar outro flash e ainda por cima conseguirmos fotografar essa ação?
É porque tudo acontece à velocidade da luz galera. Vale lembrar que estamos falando de 300 mil Km por segundo.
Quando recebi essa belezinha em casa, ela veio acompanhada de um Flash Frata dos bem antigos que ganhei do meu amigo André.
Olha o danadinho aí com a fotocélula grudada nele:

A fotocélula tem o mesmo encaixe de sapata que vem na câmera com a única diferença de apresentar apenas o pino central. Desse modo ela só serve mesmo para disparar o flash, sem nenhum recurso mais apurado como transmitir os números de exposição ou coisa parecida. O Flash deve ser ajustado manualmente para se obter a exposição adequada.
Então é só encaixar a coisinha no flash, levantar o flash popup da câmera e disparar? Deveria ser mas quando testei a primeira vez aconteceu um probleminha: o flash não sincronizava com a câmera nem por reza brava. O Fratinha disparava mas sempre fora do tempo.
Aqui está o exemplo do que eu falo. Coloquei o Fratinha e o Yongnuo juntos e só consegui registrar o disparo do Yongnuo.

Para fazer o Yongnuo disparar bastou colocá-lo em modo Slave (S1), ajustar a intensidade e pronto. Ele dispara bonitinho.

Então não há esperanças para disparar o Fratinha? Estaremos então fadados ao insucesso? Mamãe ficará desapontada com seu querido filho?
Nananinanão!
Futriquei horrores na internet e encontrei um grupo de discussão da Nikon que estava com um problema semelhante. Um dos foristas tinha uma D70 que não sincronizava o disparo por fotocélula nem a pau. Era sugerido que usando o modo de travamento de exposição AE Lock, a câmera conseguirira sincronizar com a fotocélula.
Lá fui eu tentar fazer isso na minha XTi.
Primeiro passo era entrar nas configurações avançadas da câmera…

Depois era desligar a luz auxiliar de autofoco, senão toda vez que a câmera fosse tentar achar o foco ela poderia disparar o flash popup e por consequência disparar a fotocélula também antes da hora.

Em seguida era necessário habilitar o travamento de exposição, o AE Lock.

Por fim vinha o último passo. Para usarmos o AE Lock é necessário levantar o flash da câmera, apontar para onde queremos fotografar e apertar o botão com o símbolo do asterisco ( * ). Nesse exato momento o flash pisca e aparece no visor a sigla FEL ( Flash Exposure Lock )

Se olharmos então no visor da câmera, perceberemos que apareceu um asterisco ligado no canto inferior esquerdo, indicando que o flash está travado aguardando apenas o disparo. Então ao disparar a câmera olha só o que aconteceu:


Uiiiiaaaaaaaa… o Fratinha disparou junto com o Yongnuo. Funciona galera.
Mas o engraçado é que depois de uns testes eu percebi uma coisa: quando eu uso o flash Yongnuo conectado na câmera, ao disparar em direção do Fratinha, ele sincroniza perfeitamente sem a necessidade do AE Lock. Apenas com o flash popup da XTi é que o Frata se recusa a sincronizar.
Mas o importante é que funciona e mesmo sendo dois flashes sem muitas pretensões em termos de recursos, é possível fazer umas fotos bem legais com eles.
Fiz um Still de umas garrafas de cerveja e gostei muito do resultado. Apenas coloquei os dois flashes apontados para o teto, um de cada lado e pronto.

Só tem uma pequena manha: na hora de fotografar, eu coloco a mão na frente do flash popup o suficiente para impedí-lo de iluminar a cena mas deixando que ele dispare os flashes e as fotocélulas. É porque senão a câmera ajusta a exposição pelo popup e praticamente ignora os outros flashes.

A vantagem de esquemas como esse é o custo benefício. Fotocélulas como essas são muito baratas. Flashes antigos como esse Frata são igualmente baratos. O acerto do uso é consequência de muita tentativa e erro mas até que é divertido. Cabe lembrar que o uso de fotocélula gera o inconveniente de que se qualquer câmera próxima for disparada com o flash ligado, ela também vai acionar a gambiara toda. Outro senão é que câmeras compactas costumam não sincronizar com a fotocélula mas aí entra em cena outro recurso legal do Yongnuo: se colocarmos ele no modo S2 ele consegue sincronizar por exemplo com a compacta da Panasonic, a Lumix DMC-ZS3

Mas infelizmente com o Fratinha conectado na fotocélula, a Lumix não conseguiu sincronizar.

Anúncios

Ações

Information

7 responses

4 10 2010
Luciano

Grande Kid!!!!

Cara, o custo de uma fotocélula não é mais ou menos o mesmo do flash triggers da Cactus? Eu comprei um kitzinho desses, inclusive com um flash Yongnuo igualzinho ao seu.

Funciona muito bem. Normalmente uso um 430ExII e o Yongnuo disparados pelo Cactus.

Abraço!

Luciano

4 10 2010
kidneri

Olá Luciano. Apenas quis demonstrar as possibilidades de se usar uma fotocélula. Preço a preço ela ainda é mais barata do que o Cactus Trigger mas não se pode comparar a funcionalidade deste. No Cactus além de podermos escolher um canal de transmissão isolado, não sofremos com algumas restrições que a fotocélula apresenta: uma delas é sempre estar na área de iluminação do flash principal. Abraço!

21 10 2010
Cae

Hey Mr.Kidneri,
Parabéns pelo Site Cara!!!

Muito instrutivo para nós, réles leigos…!!! =)
Eu como um apaixonado por Macrofotografia, acompanho seus posts a tempos!

Mas AINDA não tenho máquina! =(

Agora, finalmente posso compra-la; porém assim como não conheço muito este meio fotográfico, também não conheço boas lojas físicas por aqui (São Paulo).
Talvez você possa me indicar algumas ou mesmo uma região que tenha algumas delas, para que eu possa pesquisar; sabe como é né?!?
Estou atrás de uma Canon XSi!

Desde já agradeço!
Abraço!

24 10 2010
kidneri

Olá Cae… passei e-mail.

3 11 2010
Sansão

Olá Kidneri,

Achei ontem seu blog e achei muitoooooo bom. Li todos as postagens de ontem pra hoje.

Gosto muito da macro fotografia, mas como você bem sabe da existência de uma enorme barreira financeira que separa os pobres mortais dos equipamentos específicos para esse ramo da fotografia, nunca consegui fazer grandes avanços.

Mas graças as suas idéias tupiniquins, posso dar continuidade a registrar esse mundo minúsculo que poucos conhecem.

Parabéns por todo o trabalho realizado e não vejo a hora do próxima postagem.

Boa sorte,

Sansão Mendes.

10 02 2011
William

Muito bacana o post, era justamente o que eu procurava porque queria usar um testar um flash Mako com uma compacta usando fotocelula. Será que funciona?

Obrigado.

4 01 2012
Ricardo Peron

Parabéns pelo blog… um tempo atrás eu já tinha visto ´procurando macrofotografia… agora voltei procurando informações sobre fotocélula…
Mas ainda estou com um problema: minha fotocélula dispara apenas uma vez… para fazer a segunda foto preciso desligar o flash externo e religá-lo…
Tem solução?

Abraços e continue com esse bom trabalho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: